Sexta-feira, 28 de Março de 2008
Acreditas?

Com uma lágrima cristalina, no canto do olho, escrevo-te abertamente...

O mundo é complicado! A cada momento somos iludidos, atraiçoados, abandonados, enganados, ignorados, criticados entre tantas outras situações. É dificil viver assim! Não admira a quantidade de pessoas que, depois de tanto sofrimento e dor, decidem pôr termo à vida. O tempo passa, o calafrio é forte, a ânsia é enorme, o vazio cresce monstruosamente...

Mas...

...derramo esta lágrima em tua homenagem! Julgas não ser para ti mas sê crente nas palavras que construo com esta água misturada com sal...

Vem agarrar esta lágrima, recheada de esperança! Juntemo-nos e comecemos a rir com as nossas vidas, com os nossos erros, com os nossos disparates, com as saborosas memórias... Vem esconder a dor que encobre o prazer do sonho! Vem abir a mão e soltar o universo de alegria! Vem soltar a tua sombra!

Hoje é sábado... Dás pelo tempo passar? Amas-me como outro dia qualquer? Desejas-me como antigamente? Não me deixes só!

Em tanta desgraça no mundo, esta lágrima está convicta que o dia de amanha vai ser melhor, que a esperança aumentará a cada hora e que a felicidade será eterna. Isto é amor, é locura ou talvez mistura das duas! Perde-te aqui, já, e comigo! Não desobedeces à lei...

Não percamos tempo... Será que nos resta tempo? Sempre! Sempre que quisermos haverá tempo para nós. Não quero ser um cobarde longe do teu céu... Quero tocar-te com encanto! Hoje à noite poderás sentir. Basta acederes ao meu pedido e dizeres-me nos olhos que me amas.

Vem te sentar aqui. Vem ouvir esta melodia do meu piano. Deixa-te embalar por cada nota, por cada agudo, por cada sonoridade... Vem sorrir com doçura voz do instrumento. Sonha castelos, montanhas, montes, estradas... A música leva-te lá.

O sol irá se esconder no outro canto. Ele vai oferecer-se! Ele vai "acorrentar" alguém a ele, com aquele vermelho esplenderoso. Meu amor, para onde ele vai? Sabes? Como poderemos saber para onde ele vai, sem nos juntarmos e nos enfeitiçar-mos por ele? Sabes que histórias ele conta? Sabes se ele seduziu mais alguém?

Abracemo-nos neste lunático pôr-do-sol! Vamos sentir o nosso toque divino! Tornemos este momento eterno. Transformemo-nos em loucos imensamente apaixonados, com vozes sensuais e fechemos a porta...

Não temas... As estrelas iluminar-nos-ão em cada instante preciso, e as palavras voarão em perante as nuvens escondidas! Elas nao necessitam de mapa. Serão nossas seguidoras pelo mundo fora, nessa noite gélida, onde só nós conhecemos o destino e o que nos irá acontecer no fim da viagem...

O teu sorriso faz-me acreditar que amanha tudo será mais belo e ainda mais angélico! A tua doçura será duradoura e o teu andar fará com que as flores, do teu jardim, se curvem perante tua presença...

Unamo-nos e declaremos guerra ao pessimismo, ao desancanto, à falta de vontade de viver e ao tempo desperdiçado em futilidades ignorantes, à tristeza...

Sei que juntos... Seremos vencedores e, no fim vamos sorrir por o mundo ser melhor!


publicado por BSH - Bill Stein Husenbar às 19:23 | link do post | comentar

links
blogs SAPO
RSS